Primeiros sorrisos de verdade 

A partir daqui, tudo o que você fizer será recompensado com lindos sorrisos desdentados. Os primeiros sorrisos para valer certamente figuram entre as conquistas que mais tocam o coração dos pais. De certo modo, é a hora do retorno. Você troca fraldas, alimenta, dá banhos, beija e acaricia seu bebê sem grandes recompensas. Mas, de repente, acontece: seu filho sorri e você tem certeza de que não é coincidência. É um momento especial, mesmo que a noite anterior tenha sido dificílima. 
Além do sorriso, o bebê de 2 meses já consegue levantar o queixo, sinalizando que o controle da musculatura do

 pescoço está avançando. Tem também o reflexo de virar o rosto de lado se colocado de bruços quando 

acordado. Outros reflexos, como o de estender o corpo para trás se for subitamente levantado e o da marcha, 

começam a ser inibidos, porque o domínio sobre os movimentos aumenta. 

Desenhos mais complexos em alta 



A visão 

As duas retinas se fundem  – permite ao bebê fixar e acompanhar objetos e pessoas. Ele enxerga a mãe de 

outro modo. Não apenas o contorno do rosto, como era antes. Vê detalhes, o nariz, a boca, os lábios. É capaz de 

reconhecer o pai, os avós, a babá.


Aos 2 meses, o bebê começa a deixar para trás sua preferência inicial por objetos de duas cores e passa a gostar de 

desenhos detalhados, com padrões, cores e formas mais complexos. Deixe seu filho olhar e tocar uma gama maior 

de objetos. Entre as boas opções estão brinquedos de plástico e bolas macias. 

Sono por mais tempo 
Se o seu filho dorme a noite inteira, sinta-se privilegiada. A maioria dos bebês ainda requer uma ou mais mamadas 

durante a noite. Mas a boa notícia é que ele já deve estar dormindo por períodos maiores, assim como ficando 

acordado por mais tempo. Grande parte dos bebês de 2 meses dorme em ciclos de duas a quatro horas e permanece acordada por até dez. 



Movimentos menos bruscos 
Os movimentos parecem mais controlados. Você perceberá que o uso descoordenado de braços e pernas dos dias 

de recém-nascido deu lugar a movimentos mais serenos e arredondados. Aos 2 meses, a criança também começa a 

conseguir pegar objetos voluntariamente. No início, o ato de pegar alguma coisa era mais involuntário e instintivo. A 

aptidão vai se aprimorando nos próximos meses, e aos 4 meses ela conseguirá segurar o que quiser. 

Será que o desenvolvimento do meu filho é normal? 
Lembre-se, cada bebê é de um jeito e atinge os marcos de desenvolvimento físico no seu próprio ritmo. O que 

apresentamos são apenas referências das etapas que seu filho tem potencial para alcançar - se não agora, em 

pouco tempo. 


Caso seu filho tenha nascido prematuro, você provavelmente vai notar que ele leva um pouco mais de tempo para 

fazer as mesmas coisas que outras crianças de idade similar. Por esse motivo, os pediatras costumam dar aos 

prematuros duas idades: a cronológica (guiada pelo aniversário) e a corrigida (calculada como se ele tivesse nascido 

no dia em que a gestação completaria 40 semanas). Você deve comparar seu bebê com a idade corrigida, e não com 

a cronológica. E não se preocupe, a maioria dos médicos avalia o desenvolvimento do prematuro contando a partir da 

data que era prevista para o nascimento, e acompanha todo seu progresso levando isso em conta. 


Em caso de dúvidas sobre o desenvolvimento do seu filho, converse com o pediatra. 







Nessa fase, é importante dar continuidade ao calendário de vacinas, orientado pelo pediatra. É que elas 

também dependem do desenvolvimento do bebê. Têm datas para ser ministradas porque o tecido que produz a 

imunidade do bebê, o linfóide, possui uma determinada velocidade de crescimento. "Não adianta imunizar o bebê

 antes porque o organismo dele não vai conseguir responder à vacina", diz o pediatra Francisco Lembo Neto. 









Fontes: http://revistacrescer.globo.com , http://www.universodobebe.com.br
free glitter text and family website at FamilyLobby.com




Existe um assunto que tem mexido comigo demais, esta semana o STJ liberou o aborto nos casos de Anencefalia, estupro e risco de vida da gestante.
Pois bem, vou utilizar este espaço para expressar a MINHA opinião sobre um dos casos:


ANENCEFALIA 


A anencefalia é uma malformação rara do tubo neural, caracterizada pela ausência parcial do encéfalo e da calota craniana, proveniente de defeito de fechamento do tubo neural nas primeiras semanas da formação embrionária.
Ao contrário do que o termo possa sugerir, a anencefalia não caracteriza casos de ausência total do encéfalo, mas situações em que se observam graus variados de danos encefálicos. A dificuldade de uma definição exata do termo "baseia-se sobre o fato de que a anencefalia não é uma má-formação do tipo 'tudo ou nada', ou seja, não está ausente ou presente, mas trata-se de uma má-formação que passa, sem solução de continuidade, de quadros menos graves a quadros de indubitável anencefalia. 
Uma classificação rigorosa é, portanto 
quase
 que impossível"

DEFINIÇÃO ENCONTRADA NO SITE: http://pt.wikipedia.org/wiki/Anencefalia

Então.......
Como podemos condenar a morte um ser que não pode se defender???????
A criança ainda nem nasceu e já a estão condenando, por que ela foge aos padrões de NORMALIDADE estabelecidos pelos homens.


Este vídeo acima mostra o amor de uma mãe por seu bebê especial, me emocionei muito com este vídeo, observem o sorriso deste bebê........
Ele é um anjinho de Deus, por mais curta que tenha sido sua vida tenho certeza que sua mãe não se arrepende nem por um momento de ter estado cm ele.
Quem somos nós meros mortais para julgar quem pode ou não nascer!
Como podemos saber o q a vida nos reserva, existem coisas que temos que passar, não adianta.
Dai as pessoas dizem:
Vc ñ passou por isso, não sabe como é!
Sim realmente não passo ou passei por isto, mas também sou mãe tenho 3 filhas, inclusive a minha menina do meio que hoje tem 5 anos, já nos deu diversos sustos.




Durante a gravidez eu tinha crises de dores terríveis, ao ponto de ir diariamente ao hospital tomar buscopan na veia, até que os médicos me internaram no alto risco, as dores não passavam e eles não descobriam o que eu tinha, então cogitaram a hipótese de me abrir pois supunham que talvez fosse pedra na vesícula, mas isto poderia trazer riscos a minha filha e tal.....resumindo me mandei embora cm dor e tdo.
Sofri mas sofri consciente de que estava zelando por minha filha, foi minha opção ninguém pode decidir por mim o que é prioridade em minha vida!
Então com 38 semanas de gestação retornei ao mesmo hospital para dar a luz minha filha Nicole.
Ela nasceu aparentemente saudável, com 49,5 cm e 3,450kg bem gorduchinha e lindaa!!!!!!!!!
Até que na hora da visita da pediatra ao nosso quarto ela começou a achar um monte de coisa na minha filhinha, como ela nasceu gordinha tinha que controlar a glicose para ñ baixar demais, ao nascer ela tirou a clavícula do lugar teve q imobilizar, estava um pouco amarela teve que fazer o exame para ver se estava com icterícia (amarelão) e o pior de tudo, a moleira dela era mto pequena e poderia estar fechada, o que poderia impedir o desenvolvimento do cérebro dela e tal.
Tudo isso eu ouvi sozinha com minha filhinha nos braços no quarto do hospital!
Vocês não tem noção do que senti........a maioria das coisas eram simples mas a moleira foi preocupante!
Então começamos a controlar a glicose, ela foi imobilizada devido a fratura na clavícula e realizou o exame de sangue para a suposta icterícia, a pediatra solicitou com urgência uma ecografia transfontanelar.
  • O que é uma Ecografia Transfontanelar?
A Ecografia Transfontanelar ou Ecografia Cerebral é um exame que desempenha um papel importante no diagnóstico e na caracterização de lesões cerebrais do recém-nascido (p. ex. hemorragia, dilatação ventricular, leucomalácia, malformações, entre outras) e na previsão de alterações do desenvolvimento neurológico a longo prazo, associadas a essas lesões.
Pela sua inocuidade e facilidade de execução e pela possibilidade de realização de exames seriados para avaliar a evolução das lesões cerebrais, a Ecografia Transfontanelar é considerada um método de eleição na avaliação do recém-nascido de risco, sendo mesmo, na maioria dos casos, o único método necessário.

A noite após o banho da Nicole me chamaram para dizer que o exame de sangue dela estava alterado e ela teria que ir para a Unidade Neonatal ficar na fototerapia (banho de luz).
Não sei explicar direito o que senti, a descrição mais parecida é a de que perdi o chão....Levaram minha filhinha após me explicarem que o exame estava mto alterado e tal que era mto importante ela ficar na incubadora tomando banho de luz e tdo mais.
Não preciso dizer q a noite foi terrível, eu não conseguia parar no quarto ia na NEO a cada meia hora e as enfermeiras me xingavam dizendo para mim ir descansar.....aff quem consegue descansar com seu bebê longe!

Ganhei um dia a mais no hospital para ficar cm ela e chegou a hora de ir embora, sair da maternidade de mãos vazias foi horrível!

Quando a Nicole tinha 5 dias finalmente conseguimos fazer a ECO aonde foi diagnosticado que apesar de bem pequena a moleira dela estava aberta, o que a principio descartava a necessidade da cirurgia. 

Quando há problemas

Um bebê que nasce com a fontanela fechada, tem o cérebro comprimido pela caixa craniana, problema conhecido como cranioestenose. Esse fechamento precoce pode causar-lhe deformidades na cabeça e até graves lesões neurológicas, devido ao encarceramento do cérebro. A doença é congênita. Adquirida ainda na fase embrionária, suas prováveis causas são hereditárias, intra-uterinas ou infecciosas, como a sífilis. Mais comum nos meninos (três para cada menina), deve ser tratada antes do 8º mês, mas é importante que o diagnóstico seja firmado até o 2º, para permitir um acompanhamento neurológico mais aprofundado. Isso pode acontecer por meio de cirurgia, na qual são criados espaços ou suturas no crânio, geralmente com resultados satisfatórios.

Então após 8 dias na NEO a Nicole finalmente foi para casa, achamos que os sustos haviam passado e começamos a nossa vidinha tranquila, claro que ela teve um acompanhamento rigoroso relacionado ao desenvolvimento de seu cérebro e tal, mas estava tudo bem.....
Até que um dia  quando a Nicole já estava com uns 8 meses observamos que ela tremia muito enquanto dormia, muito mesmo e ate gemia.
Uma conhecida me indicou uma nova pediatra e lá fomos nós....
A pediatra solicitou um eletroencefalograma realizado enquanto ela dormia, levamos o resultado para a Drª e ela disse que a Nicole PODERIA estar tendo convulsões enquanto dormia, que teríamos que tratar com medicamentos fortíssimos controlados e tudo, disse q iria acompanhar o caso dela pois talvez  tivesse CHANCES de ser epilepsia.

Bom meu esposo e eu fomos para casa com a recita do medicamento e nos sentindo mto mal sabe.
Poxa nossa filhinha parecia tão bem e derrepente este diagnóstico. Resolvemos pesquisar sobre o assunto e descobrimos que os bebês tem pequenas convulsões durante o sono devido o rápido desenvolvimento do cérebro e tal...resumindo ignoramos o diagnóstiico da Drª  que disse q nossa filhinha poderia não ter um desenvolvimento normal e optamos por não fazer uso dos medicamentos receitados.
Nunca mais voltamos ao consultório da tal pediatra, jogamos os exames fora e decidimos viver o momento, entregamos nas mãos de Deus.

Após tdos os sustos e diagnósticos hoje a Nicole tem 5 anos e meio, esta na pré escola, super bem desenvolvida e nunca teve nenhum ataque epilético.



Dai vc me pergunta o que tem haver o caso da Nicole com os diagnósticos de anencefalia?

É simples ambos diagnósticos nos são dados pelos homens, baseados em exames e supostas teorias, mas no fundo no fundo somente Deus sabe o que esta reservado para cada um.
Somente ELE tem o poder de dar a vida, somente ele sabe quem merece nascer!
E se Deus decidiu quem somos nós para dizer ao contrário, é de um ser que estamos falando, não de um objeto que compramos q quando vem com defeito voltamos a loja para trocar!

Sou completamente CONTRA o aborto de anencéfalos.
Visitem este blog e conheça a história desta menina cujo nome é VITÓRIA DE CRISTO!



Somente após conhecer a história da Vitória e de outras crianças que são citadas no Blog decida se vc é a favor ou contra o aborto de bebês diagnosticados com anencefalia durante a gestação. 





free glitter text and family website at FamilyLobby.com
A chegada da barbie....

Oi pessoal sei que tenho andado SUMIDA, mas é que realmente minha vida é uma correria.

Resolvi voltar a ativa com um tema digamos........POLÊMICO!
Como eu já havia mencionado em outras oportunidades, moro em apto, sou mãe de 3 meninas e agora de uma Cachorrinha Poodle Chamada Barbie....

A Barbie nasceu no dia 21/07/2011 e chegou aqui em casa no dia 22/08/2011 com exatamente 1 mês e 1 dia.
Foi amor a 1ª vista...ela era tão pequeninha e tão linda..........

Pois bem, ela era tão pequeninha que chegamos a pensar que ela não sobreviveria, mas ela estava mal cuidada onde estava e minhas filhas estavam tão felizes que finalmente teriam um cachorrinho que fui buscar logo, no começo foi complicado ainda bem que eu ainda estava em casa, pois tínhamos que dar de seringa a papinha especial de desmame para ela....ela não gostava muito mas tinha que comer ou morreria de fome...kkkkkkkkkkkkk


Graças a Deus correu tudo bem e ela sobreviveu, quando completou 2 meses tomou a 1ª dose da vacina, dai um dilema vacina Nacional ou Importada??????????



Nós particularmente optamos pela importada, ela foi dentro do sling penduradinha na Nicole tomar a 1ª dose, até por que ela não podia ir no chão até que tomasse todas vacinas, foram 3 doses uma a cada 21 dias, foi pesadinho no orçamento mas valeu a pena.....

O tempo foi passando e as crianças a cada dia mais apaixonadas pela nova integrante da família, ela não encomodava mais a noite e não é muito de latir, a cada dia ela fica mais linda!!!!!!!!!!!!

Quando ela completou 4 meses mais ou menos venho o 1º susto....
Ela teve uma gastrointerite aguda, por ter ingerido o durex de uma caixa de papelão e viver roendo prendedor....

Nossa foi um susto e tanto........
Ela ficou 5 dias sem se alimentar eu já estava desesperada, levando ela diariamente no veterinário, tendo que eu mesma aplicar injeção de plasil de 6 em 6 horas nela, minhas filhas sempre na volta perguntando se ela ia morrer, e eu tendo que convencer elas de que nada aconteceria quando nem eu mesma acreditava nisto........

Até que no 5º dia ela começou a reagir, o vírus enfraqueceu e ela aos poucos começou a comer, primeiramente peito de frango bem cozido e desfiado (ração nem pensar).
Lembro até hoje quando ela comeu sem vomitar, fiz uma festa fiquei numa alegria, afinal ela é minha bebezinha também, nossa como chorei ao ver minha bebê doente.....
Mas graças a Deus ela se salvou!!!!!



Pois bem por pura sorte após a melhora da Barbie fui chamada num emprego, graças a Deus ela já estava melhor, pois se eu estivesse trabalhando quando ela estava doente certamente ela teria morrido.

Comecei a trabalhar e foi ai que a coisa complicou, as crianças foram para a creche e a Barbie começou a ficar sozinha no apto.

Mas esta história conto em noutra postagem...kkkkkkkkkkk

Hoje a Barbie esta com quase 7 meses, lindaaaaaaaaaaaaa e enorme....
Quando eu ganhei ela me disseram que seria uma Poodle Micro Toy...pois bem de Micro não tem nada...kkkkkkkkkk


No Pet após o Banho


Na Consulta do veterinário


Querendo ir passear ....



Diz ela que ta tomando achocolatado...kkkkkkk


Continua.............
free glitter text and family website at FamilyLobby.com


Bom passou-se um ano, desde que voltei a trabalhar...
Este ano não foi nada fácil....
No meu trabalho apesar dos pesares tudo corria bem, ganhei 3 promoções em apenas 1 ano (eu realmente me puxei), mas chegou no finalzinho agora e não deu mais....
Estava trabalhando em shopping, sábados, domingos e feriados....
Infelizmente este semana tive que pedir minha demissão...
Confesso que doeu, mas meu lado MÃE falou mais alto, eu andava sem tempo e sem paciência com minhas filhas, sem tempo para minha casa e para meu marido tbm...
Antes que algo ruim acontecesse preferi abrir mão de meu emprego....
Ainda estou me adaptando a nova idéia de voltar a ficar em ksa, talvez eu tente um novo emprego, mas com a chegada de meu enteado a nossa casa vai complicar um pouco...
Ah eu nem contei, ganhamos a guarda do meu enteado Gian e ele esta vindo morar conosco...
É gente agora terei 4 filhos...ta puxado o negócio!!!! kkkkkkkkkk
Mas sei que será muito melhor para ele, agora ele terá uma família de verdade, estará na companhia das irmãs e se criará no caminho do bem, assim espero...
mas hoje só passei por aqui para compartilhar com vocês que novamente estou em fase de mudanças em minha vida, terei mais tempo para meu cantinho aki tbm, e vmos lá...
Conforme for possível compartilharei com vcs minha rotina...
E minhas crises tbm...
Afinal acima de tudo sou humana, tbm sofro, tbm choro, tbm fico triste...
Mas meu lado mãe esta muito feliz...
Terei mais tempo com minhas filhas e meu novo filho...
Tenho certeza de que nasci para ser mãe, só não nasci para ser dnª de casa...kkkkkkkkkk
Então que venha o desafio, pois tenho certeza que terei êxito em minha mais nova jornada....

Mil beijos a todos
e que Deus os abençõe...


<span class=free glitter text and family website at FamilyLobby.com" src="http://www.familylobby.com/common/tt4242872fltt.gif">
Bom vou compartilhar com vocês alguns avanços de minhas filinhas lindasss...



Melsinha:

Nossa a cada dia que passa esta mais esperta, um docinho como costumo falar, ela começou a engatinhas com 5 meses, também tem as 2 manas que não param um segundo logo quiz entrar na folia junto...

Hoje ela esta com 10 meses e já fala algumas coisinhas:



Dicionário da Mel:

Mãe = Nãe

Pai = Tai

Naty = Ati

Nicole = Nana

Tio Mateus = Teis

Vó = Ó

Mama = Teta ..kkkkkkkkk

Tchau = Ta

Tbm diz : Da, Que, e alguns outros monólogos que ainda ñ traduzi...kkkkkkk



Ela esta medonha, manda beijo estalado desde os 8 meses, agora esta semana aprendeu a mandar beijo com a mãozinha na boca uma gracinha.

Fica em pé sozinha mas só caminha no cercadinho e em cima da minha cama, ela ainda esta insegura quando fica no chão...



Adora uma bagunça com as maninhas e esta progredindo muito na escolinha, ela adora as Prôs e participa das bagunças com os coleguinhas...

Enfim esta crescendo e evoluindo muito bem minha bebezinha....





Nicole:

A Bizuzinha como chamamos já se diz mocinha...kkkk

Vai completar 4 aninhos dia 12/09 agora e a cada dia que passa esta mais esperta, entrou na escolinha em março deste ano no maternal e em junho teve que passar para o jardim, pois esta um pouco adiantada comparada com outras crianças da idade dela.

No começo tive medo pois ela énovinha ainda, mas sabe que ela esta se saindo bem!

Adora um computador como todos lá de casa, é viciada nos jogos do site discovery kids e nos desenho

free glitter text and family website at FamilyLobby.com



Primeiro mês


Nesse início de vida, o bebê não controla nem a musculatura dos olhos. De todos os seus sentidos, a visão é a menos desenvolvida, por não ter sido exigida durante a gestação. No recém-nascido, seu alcance é de 20 a 30 centímetros, mais ou menos a distância entre o rosto do bebê e o da mãe na hora da amamentação. A criança não consegue focalizar objetos além dessa medida. As imagens são embaçadas e duplas porque as duas retinas ainda não estão unidas. O bebê é míope. Para ajudar nesse avanço, coloque móbiles coloridos sobre o berço. O olhar do bebê é atraído por objetos em movimento e de cores contrastantes, como preto e branco. Aos 6 meses, a visão estará quase igual à de um adulto. A audição do recém-nascido, ao contrário, é tão boa quanto a dos pais, porque começa a se desenvolver a partir do quinto mês de gestação. O feto escuta os movimentos dos órgãos maternos. A batida do coração da mãe gera ruídos que podem alcançar 95 decibéis. Tanto barulho quanto o de um helicóptero em pleno vôo. Por isso, com apenas 3 dias, o bebê reconhece a voz da mãe e, em 20, emite sons em resposta ou vira a cabeça em direção ao barulho. Com 1 mês, ele registra a seqüência de palavras e, com 8 semanas, será capaz de demonstrar preferência pelo idioma materno. O paladar do recém-nascido também é aguçado. "Ele tem capacidade de distinguir o salgado, azedo, amargo e doce. Gosta mais do último", diz a pediatra Rosa Resegue. Segundo ela, logo nos primeiros dias o bebê reconhece o leite materno entre o de outros seios. Nesse início, pode mamar cerca de dez vezes ao dia e dormir de 20 a 22 horas. A alimentação e o sono entram aos poucos na rotina. Acordado, o bebê parece estabanado e assustado em seus movimentos. Ele não os controla, são reflexos involuntários.

Obs: A revista crescer fez um acompanhamento das primeiras 24 horas de vida de um bebê:

http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,EMI101834-15592,00.html
è bem legal a reportagem vale a pena ler...


free glitter text and family website at FamilyLobby.com



Uma pequena introduçã:



O período mais intenso do desenvolvimento global da criança é entre o nascimento e o primeiro ano de vida. Nessa fase se consolida a base do desenvolvimento neuropsicomotor.

Essa evolução acontece de forma natural, sistemática e organizada. Cada etapa do crescimento é importante para que a criança desenvolva seus potenciais, sua personalidade, sua coordenação motora, sensorial e afetiva.

Cada criança tem seu próprio ritmo de desenvolvimento, que pode ser influenciado pelos fatores hereditários, pelo ambiente e, principalmente pelos estímulos que recebe.

Esses estímulos interferem de forma positiva no desenvolvimento da emoção, do sistema nervoso, e refletem em diversas áreas do comportamento do bebê e da criança.

Por isso, é tão importante que os pais participem ativamente da vida de seus filhos, estimulando-os de maneira correta, para que eles possam desenvolver ao máximo seus potenciais.


Fonte:Guia do Bebê

OBS: Apartir de agora tentarei colocar o blog em dia...kkk
Minha filinha já esta com 10 meses como esta passando rápido, tentarei pesquisar bastante e compartilhar com vocês as fases do desenvolvimento dos bebês no 1° ano de vida.
Espero que até minha bebê completar 1 aninho eu consiga atualizar as informçõs para começar a compartilhar com vocês as descobertas dela...


free glitter text and family website at FamilyLobby.com

Bom vamos dar uma atualizada....
Tenho tanta novidades que nem sei por onde começar....kkkkkkk

Primeiramente VOLTEI A TRABALHAR...
Nossa gente é muito bom, amo minhas filhinhas , minha casa, mas sinceramente trabalhar fora faz bem pro ego....
Claro existem mulheres que nescem com o dom de ser exclusivamente Dnª de casa, o que particularmente ñ é meu caso....

Eu estava enlouquecendo, mas agora esta tudo ótimo, as meninas estão todas na escolinha, a Melsinha esta adorando.....
E estou muito feliz, elas evoluiram muitoooooooooooo sem contar que Eu estou me sentindo útil....claro que ser mão é uma benção e amooooooooooooooooo ser mãe de três princesinhas, mas....a rotina da casa esta super tranquila, elas saem, convivem com outras crianças, brincam no pátio, enfim se divertem muito e ainda aprendem muitas coisas novas.

Meu marido esta super feliz também com todas estas mudanças, confesso que no começo foi bem complicado, mas graças a DEus tudo esta bem....

Ah e quem diz que só porque a mãe volta a trabalhar o bebê larga o peito???????
A Melsinha continua mamando ate hoje, e nossa como mama...kkkk passa a noite toda graudada em mim...

Mas espero que agora eu consiga retomar a rotina do blog, colocando artigos legais para todos...

Hoje só passei por aki para dar um sinal de vida mesmo, até por que estou no intervalo e daqui a pouquinho já tenho que voltar ao trabalho...


Att:




free glitter text and family website at FamilyLobby.com



Oi gente qto. tempo...kkkkkkkkkk

Também cm esta minha maratona diária não me sobra tempo para mais nada...

Agora a minha mais velha (6 anos) esta na escola no turno da manhã...


A do meio(3 anos) esta na escolinha no turno da tarde...


A bebê ( vai completar 6 meses) esta em adaptação na escolinha 1 hora por dia no turno da tarde...


É mole ou qrem mais????????????????



Bem minha rotina é a seguinte: kkkkk



Acordar as 7:00hs da manhã me vestir correndo, acordar a Naty mandar ela se vestir, acordar a Bizu vestí-la, prepara o café para as 2, colocar o lanche da Naty na lancheira, arrumar os meus cabelos e o das gurias, pegar a Mel da cama de pijaminha e tudo colocá-la no carrinho, sair de ksa as 07:40hs e descer 4 andares de escada cm o carrinho no colo e levar a Naty para escola, com as duas outras a tira colo...




Como a Naty entra as 08:00hs vmos a mil pelo Brasil...kkkkkk


Neste mês de março a Naty esta em adaptação e solta as 10:00hs....affffffff


Chego na escola cm ela as 7:55hs dai saio de lá umas 8:05 + ou -...


Chego em ksa cm a Bizu e a Mel as 08:30 se eu ñ parar em lugar algum claro...



Dai mudo a Mel, dou mama para ela, arrumo minha cama e a das crianças, tento tomar meu café pq nem sempre da...


E já são 09:30hs...



Lá vou eu descer novamente 4 andares de escada cm o tal carrinho no colo e Bizuzinha junto para buscar a Naty na escola........



Chego na escola umas 09:55 hs e fico no portão juntamente cm a Mel e a Bizu aguardando a Professora da Naty vir entregar os alunos, pegamos a Naty e geralmente damos uma passadinha em uma pracinha q tem a 3 quadras da escola...



Deixo elas brincarem + ou - por 1/2 hora 40 min. no máximo e voltamos para ksa ( detalhe as vezes nem tomei café ainda )



Chegamos em ksa em torno das 11:00hs a Naty entra largando tudo pela sala, e eu vou atras dela mandando ela juntar, a Bizu chega louca de cansada e eu louca de fome...kkkk



A Mel q enquanto esteve na rua dormiu resolve acordar e só qr colo...


Qdo. ñ deixo almoço pronto de um dia para o outro sempre morro no miojo...(pobre das minhas filhas)



Dai eu q nestas alturas estou varada de fome vou beliscando alguma coisa, como umas 3 garfadas de miojo e tchanam toda 2º, 4º e 6º a Bizu tem escolinha...



Ela entra na escolinhas as 13:00hs...



Lá vai a função arruma a Bizu, arruma a Mel q esta fazendo adaptação, arruma a Naty pq ela vai levar as meninas comigo, qdo tenho $$ até pago e deixo a Naty lá tbm...kkk



Lá vou eu descer e subir as benditas escadas novamente cm o bendito carrinho no colo!!!!



Como a Mel esta em adaptação ela fica por no máximo 1h e meia..afff



Largo as 3 lá volto correndo para tentar ajeitar a ksa...q geralmente parece um campo de batalha!!!



Dai pto. passou uma hora e nem fiz metade do q tinha q fazer...


Lá vou eu buscar a Mel e a Naty pq a Naty ñ fica lá por enquanto só na adaptação da Mel...



Dai tento atender meus clientes virtuais q tenho e qdo. são 17:00hs tenho q arrumar a ksa correndo pq as 19:00hs o maridão chega...



Rezo para q ele sempre chegue a tempo de buscar a Bizu na escolinha...pq se ñ adivinhem?



Lá saio eu correndo as 18:40hs cm Naty, Mel e o bendito carrinho para buscar a Bizu...



Qdo. ele chega cm a Bizu vou preparar um lanche para ele enquanto ele toma banho...


Dai faço algo para mim e as gurias comermos no dia e no outro dia de almoço e chegou a hora do nosso banho!!!



Entro no chuveiro e chamo a Bizu, lavo ela e chamo ele para secá-la, dai chamo a Naty ela se lava e só lavo os kbelos dela e ela sai e se veste e se seca sozinha, dai ele me alcansa a Mel lavo ela no chuveiro msmo( ela ama) kkkk...e cm eu ja vi a roupa de todas ele pega a Mel e seca e coloca a fralda dela para mim...



Dai depois de tudo isso tomo meu banho....affffffffff


Geralmente estou no bem bom do banho tentando relaxar, pronto a Mel começa a chorar, dai fico nervosa e saio do banho correndo....


Me visto e termino de colocar a roupa na Mel e ela qr mama...



Enquanto isso a Naty e a Bizu ou já dormiram ( o q acontece raramente) ou estão olhando dvd e brincando (bagunçando) no quarto...



Dai como ja coloquei as roupas na máquina vou estendê-las e preparar o lanche da Naty levar para a escola...


O marido esta no computador lendo ou tentando ficar quieto, as 2 maiores estão geralmente aloprando o coitado e a Mel esta quase sempre no colo dele...kkk



Qdo. eu terminei de estender as roupas, lavar a louça ( o q geralmente é o maridão q faz para mim) e preparar lanche, roupas e tudo mais para o outro dia...



Vou para meu quarto tentar mexer no meu note...kkkk



Mas é sagrado chega 22:30hs e a Mel começa a me atormentar de tanto q chora, pq qr q eu fique especialmente cm ela, sem pc e sem as manas...


Se estou cm saco olho um filme cm o maridão, mas cm geralmente estou morta tent dormir...


Se a Bizu ñ dormiu ainda é tortuoso, pq ela fica a cada 10min. entrando e saindo do meu quarto, deita na minha cama, levanta , vai no colo do pai dela, levanta, sai do meu quarto, volta...r outro filme, e volta pro meu quarto e isso vai ate + ou - umas 23:30hs...



Mas nestas alturas eu já dormi e sobra pro maridão colocar fralda na Bizu (pq. ela ainda usa para dormir) e fazer ela dormir....



Vc pensa q meu dia acabou??????????



NÃO ACABOU NÃOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!!!!!!!!!



A Bizu acorda umas 2 ou 3 vezes pedindo mama durante a noite, e a Mel fica a noite toda grudada nos meus peitos mamando....



Até chegar as 06:45hs q é qdo. o maridão levanta para trabalhar, eu levanto as 07:00hs e ele sai as 07:05hs e começa tudo de novo....



AFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFF..........




DEFINITIVAMENTE VIDA DE MÃE CANSAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!!!!!!!




















free glitter text and family website at FamilyLobby.com

Hoje em dia há a necessidade de a escola estar em perfeita sintonia com a família. A escola é uma instituição que complementa a família e juntas tornam-se lugares agradáveis para a convivência de nossos filhos e alunos. A escola não deveria viver sem a família e nem a família deveria viver sem a escola. Uma depende da outra na tentativa de alcançar o maior objetivo, qual seja, o melhor futuro para o filho e educando e, automaticamente, para toda a sociedade.


Um ponto que faz a maior diferença nos resultados da educação nas escolas é a proximidade dos pais no esforço diário dos professores. Infelizmente, são poucas as escolas que podem se orgulhar de ter uma aproximação maior com os pais, ou de realizarem algumas ações neste sentido. Entretanto, estas ações concretas, visando atrair os pais para a escola, podem ser uma ótima saída para formar melhor os alunos dentro dos padrões de estudos esperados e no sentido da cidadania.


Atualmente, os pais devem estar cada vez mais atentos aos filhos, ao que eles falam, o que eles fazem, as suas atitudes e comportamentos. E, apesar de ser difícil, a escola também precisa estar atenta. Eles se comunicam conosco de várias formas: através de sua ausência, de sua rebeldia, seu afastamento, recolhimento, choro, silêncio. Outras vezes, grito, zanga por pouca coisa, fugas, notas baixas na escola, mudanças na maneira de se vestir, nos gestos e atitudes. Os pais devem perceber os filhos. Muitas vezes, através do comportamento, estão querendo dizer alguma coisa aos pais. E estes, na correria do dia-a-dia, nem prestam atenção àqueles pequenos detalhes.


Por vezes, os jovens estão tentando pedir ajuda e, mesmo achando que o filho ultimamente está “meio estranho”, muitos pais consideram isso como normal, “coisa de adolescente”, vai passar, é só uma fase. Há que se observar estes sinais. Podem dizer muito de problemas que precisam ser solucionados, como inadequação, dificuldades nas disciplinas, com os colegas, com os professores, e outras causas.

Aí entra a parceria família/escola. Uma conversa franca dos professores com os pais, em reuniões simples, organizadas, onde é permitido aos pais falarem e opinarem sobre todos os assuntos, será de grande valia na tentativa de entender melhor os filhos/alunos. A construção desta parceria deveria partir dos professores, visando, com a proximidade dos pais na escola, que a família esteja cada vez mais preparada para ajudar seus filhos. Muitas famílias sentem-se impotentes ao receberem, em suas mãos os problemas de seus filhos que lhe são passados pelos professores, não estão prontas para isso.

É necessária uma conscientização muito grande para que todos se sintam envolvidos neste processo de constantemente educar os filhos. É a sociedade inteira a responsável pela educação destes jovens, desta nova geração.



As crianças e jovens precisam sentir que pertencem a uma família. Sabe-se que a família é a base para qualquer ser, não se refere aqui somente família de sangue, mas também famílias construídas através de laços de afeto. Família, no sentido mais amplo, é um conjunto de pessoas que se unem pelo desejo de estarem juntas, de construírem algo e de se complementarem. É através dessas relações que as pessoas podem se tornar mais humanas, aprendendo a viver o jogo da afetividade de modo mais adequado.

Percebe-se que muito tem sido transferido da família para a escola, funções que eram das famílias: educação sexual, definição política, formação religiosa, entre outros. Com isso a escola vai abandonando seu foco, e a família perde a função. Além disso, a escola não deve ser só um lugar de aprendizagem, mas também um campo de ação no qual haverá continuidade da vida afetiva. A escola que funciona como quintal da casa poderá desempenhar o papel de parceira na formação de um indivíduo inteiro e sadio. É na escola que deve se conscientizar a respeito dos problemas do planeta: destruição do meio ambiente, desvalorização de grupos menos favorecidos economicamente, etc.

Na escola deve-se falar sobre amizade, sobre a importância do grupo social, sobre questões afetivas e respeito ao próximo.

Reforço aqui a necessidade de se estudar a relação família/escola, onde o educador se esmera em considerar o educando, não perdendo de vista a globalidade da pessoa, percebendo que, o jovem, quando ingressa no sistema escolar, não deixa de ser filho, irmão, amigo, etc.
A necessidade de se construir uma relação entre escola e família, deve ser para planejar, estabelecer compromissos e acordos mínimos para que o educando/filho tenha uma educação com qualidade tanto em casa quanto na escola.

fonte: http://www.artigonal.com/
Autora: SONIA DAS GRAÇAS OLIVEIRA SILVA


free glitter text and family website at FamilyLobby.com